• Ultimas Notícias

    Após polêmica no Rio, Salvador sediará a Bienal do Livro em 2020

    Salvador vai sediar a Bienal do Livro em 2020. O anúncio foi feito na manhã desta terça-feira (10) pelo prefeito da cidade, ACM Neto (DEM), em evento de assinatura da concessão do Centro de Convenções Municipal. O novo espaço, inclusive, que fica localizado no bairro da Boca do Rio, vai receber o evento nacional.
    (Foto: Divulgação/ Prefeitura de Salvador)
    "Somos a cidade onde qualquer tipo de censura é proibido. A última bienal que sediamos foi em 2013 e agora estamos acertados. Palavra dada e Salvador sediará a Bienal de 2020 que será a maior de todos os tempos no Brasil e vai acontecer aqui, no Centro de Convenções", adiantou Neto. Segundo ele, a prefeitura fechou com a organização da Bienal nesta segunda-feira (9).
    A empresa multinacional francesa GL Events, que vai operar centro de convenções municipal, é a mesma que venceu a licitação para operar o Centro Municipal de Convenções pelos próximos 25 anos. A multinacional também é a organizadora da Bienal do Rio.
    A Bienal do Livro deste ano aconteceu no Rio de Janeiro e foi marcada por polêmicas envolvendo o prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Marcelo Crivela (PRB), que pediu censura do livro HQ 'Vingadores, a cruzada das crianças' que mostrava um beijo entre dois homens. A HQ traz a históia dos Jovens Vingadores. Na história, os personagens Wiccano e Hulkling são namorados.
    (Foto: Reprodução)
    Estrutura
    O futuro Centro de Convenções terá o formato de uma pomba, símbolo da bandeira de Salvador. Numa área de pouco mais de 103 mil m² – sendo 36 mil m² de terreno construído -, o centro terá capacidade para receber 14 mil pessoas simultaneamente em congressos e convenções. 
    Haverá dois locais para shows, cada um com capacidade para 20 mil pessoas, um externo ao equipamento e outro interno, com 28 camarotes de 50 metros quadrados, que serão moduláveis e irão atender aos dois espaços multiusos, tanto o de fora do centro quanto o de dentro. Esses camarotes poderão se transformar em salas de reunião quando não houver shows.
    Eventos poderão receber 14 mil pessoas simultaneamente
    (Foto: Divulgação/ Secom PMS)
    Terceira maior estrutura municipal do tipo no país, o Centro de Convenções de Salvador contará ainda com oito auditórios moduláveis de 800 metros quadrados cada. Terá também seis salões de 522 metros quadrados cada, 12 salas de 236 metros quadrados e 28 de reuniões que irão virar camarotes tanto para os shows externos quanto internos quando houver necessidade. O estacionamento será para mais de 1,4 mil veículos. O equipamento terá três pavimentos, será 100% climatizado e com acessibilidade.

    Fonte: Correio da Bahia

    Nenhum comentário

    Post Top Ad

    ad728

    Post Bottom Ad

    ad728