• Ultimas Notícias

    UFRB inaugura primeira etapa do Complexo Poliesportivo em Amargosa


    A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) realizou na noite desta terça-feira, dia 27, a cerimônia de inauguração da primeira etapa do Complexo Poliesportivo do Centro de Formação de Professores (CFP), no campus de Amargosa. O Complexo marca uma nova fase para o curso de licenciatura em Educação Física, que passa a contar uma estrutura com mais de 4.800 metros quadrados de área construída, que inclui duas quadras poliesportivas com piso emborrachado, uma piscina semi-olímpica aquecida e coberta, dois vestiários com acessibilidade, área para estacionamento, além de um campo de futebol society, com grama natural.

    O reitor Fábio Josué abriu o evento de inauguração destacando a satisfação em entregar o novo equipamento. “Nós entregamos hoje a primeira etapa do Complexo, que foi muito aguardada pela comunidade do CFP e de Amargosa. Penso que esse espaço possibilita a qualificação do processo formativo dos nossos discentes e pode se constituir também num espaço importante para a população do município, que irá se beneficiar com as atividades e práticas aqui desenvolvidas”, disse. “Temos ainda um desafio grande para finalizar a segunda etapa. Depois de concluído, este será o maior equipamento dos cursos de Educação Física do norte e nordeste do país”, ressaltou.

    O vice-reitor José Mascarenhas falou sobre o desafio de entregar a obra diante das atuais restrições orçamentárias que têm afetado as universidades públicas. “Concluir esta etapa significou uma opção da UFRB, diálogos com os Centros de Ensino e diálogo com o Governo Federal, buscando enfrentar dificuldades e definir prioridades. Precisamos agora avançar na construção de parcerias e colaborações para dar conta da segunda etapa”, afirmou o gestor, que agradeceu todos os envolvidos na obra, dentre eles, a empresa Emprotec Engenharia, responsável pelo projeto, a construtora Eiffel, responsável pela execução, e a Coordenadoria de Infraestrutura e Meio Ambiente da UFRB, responsável pelo acompanhamento e fiscalização.

    O prefeito de Amargosa, Júlio Pinheiro, reafirmou o seu compromisso de parceria com a UFRB e se colocou à disposição para articular novos investimentos públicos para as pautas conjuntas. “Compartilhamos da alegria de hoje com a Universidade, pois, sem dúvida, esse empreendimento vai beneficiar o processo de formação dos professores de Educação Física, e isso, consequentemente, vai refletir na rede municipal de educação e na construção de um novo paradigma para a prática do esporte”, afirmou.

    Quadra poliesportiva.
    Comunidade inaugura quadra poliesportiva com atividades de vôlei e handebol.
    Após as falas, foi realizado o ato simbólico de desenlace da fita inaugural do Complexo Poliesportivo. Além das autoridades citadas, participaram deste momento a diretora em exercício do CFP, Creuza Silva; o coordenador do curso de licenciatura em Educação Física, Leopoldo Hirama; a secretária de Educação, Márcia Batista; o presidente da Associação dos Professores Universitários do Recôncavo (APUR), David Romão; o representante discente, Carlos Danilo Alves, e o representante dos servidores técnico-administrativos, Erivaldo Santana.

    Já na área interna, os convidados puderam conhecer a estrutura e participar de diversas atividades. A comunidade acadêmica do CFP realizou demonstrações públicas das práticas esportivas e, em especial, a turma de Ginástica Artística fez uma apresentação em que homenageou as modalidades olímpicas e defendeu a universidade pública, gratuita e de qualidade.

    Nova etapa – A segunda etapa do Complexo Poliesportivo do CFP está com 70% das obras concluídas. Estão previstas nesta fase três salas de aula, sendo uma para capoeira e artes marciais, uma para vivências corporais e uma para dança, ginástica e academia; uma quadra poliesportiva, com dimensões oficiais; dois vestiários, um masculino e um feminino, além de elevador, depósito e lanchonete. O investimento total estimado para a obra (primeira e segunda etapas) é da ordem de 7 milhões de reais.






    Fonte: UFRB

    Nenhum comentário

    Post Top Ad

    ad728

    Post Bottom Ad

    ad728